on-line
renascerdoamor
  

Passaste

e por onde passaste

deixaste a tua marca

doi sim

A alma exposta

ferida aberta de saudade

Passaste

Mas não vieste só

Trouxeste amor

sonho

beleza

poesia

Passaste sim

E viste por ruelas

entraste sorrateira

sem convite

sem chamada

Passaste

e deixaste na minha alma

o grito de muitas dores

o silêncio de muitas lágrimas

e o arrepio da amargura

Passaste

Deixaste em mim o desejo

o sentimento perfeito

Aquele que jamais esquece

Passaste

ès amor na minha vida

és meu sonho

meu amparo

minha alegria

minha luz

Passaste

Chegaste ao meu coração

e ficarás para sempre

como o amor mais belo

o amor mais puro

Aquele que é terno

Passaste

e ficarás para sempre

seras eternamente

o meu Presente

o meu Futuro

 



Escrito por Gonçalo às 19h21
[] [envie esta mensagem]


 
  

2

Como eu desejo a que ali vai na rua,
tão ágil, tão agreste, tão de amor...
Como eu quisera emaranhá-la nua,
bebê-la em espasmos de harmonia e cor!...

Desejo errado... Se eu a tivera um dia,
toda sem véus, a carne estilizada
sob o meu corpo arfando transbordada,
nem mesmo assim – ó ânsia! – eu a teria...

Eu vibraria só agonizante
sobre o seu corpo de êxtases dourados,
se fosse aqueles seios transtornados,
se fosse aquele sexo aglutinante...

De embate ao meu amor todo me ruo,
e vejo-me em destroço até vencendo:
é que eu teria só, sentindo e sendo
aquilo que estrebucho e não possuo.

 

Poema de Mário de Sá Carneiro



Escrito por Gonçalo às 14h26
[] [envie esta mensagem]


 
  

É por ti que eu grito

quando a dor vem

É por ti que sinto saudade

quando não estas

É o teu sorriso

que quero ver quando choro

É a tua mão que procuro

quando me sinto só

É o teu corpo que busco

quando sinto desejo

Amo-te !!!

 



Escrito por Gonçalo às 14h13
[] [envie esta mensagem]


 
  

De repente descobri

que quando não estas

o meu dia perde a graça

e cai a noite

em plena tarde

Descobri que as lagrimas

rolam

e que a dor vem

Quando tu não estas

a solidão invade-me

e a saudade do teu olhar

desse olhar doce de menina

do teu sorriso

faz nascer em mim a tristeza

se tu não estas

o dia morre

a noite cai na tua despedida

e o dia nasce no teu regresso



Escrito por Gonçalo às 14h03
[] [envie esta mensagem]


 
  

Descobri que o amor

me tem na mão

que lhe pertenço

Descobri que o amor

me domina

me escraviza

Descobri que o amor

é um castigo

uma saudade

Descobri que o amor

é um sonho

uma loucura

Descobri que o amor

nasce no teu sorriso

no teu olhar

Descobri que o  amor

é um desejo

uma aventura

Descobri que o  amor

é a loucura de te querer

a loucura de te amar



Escrito por Gonçalo às 12h46
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006


CATEGORIAS
Todas as mensagens
 Citação



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 uol-blog-sonho-meu
 Blogspot-docelagrima


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!